sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

O Projeto Resgatando e Promovendo Vidas na Cultura, Cidadania e Inclusão Digital, realiza aula de acompanhamento psicossocial.



As aulas de acompanhamento psicossocial foram realizadas nesta quinta-feira dia 26 nos turnos manhã e tarde, na casa comunitária Margherita Graceffa com a Psicóloga Gerlandia Arnaud, cuja finalidade é ajudar o participante a transformar a realidade a partir das habilidades naturais de cada um, buscando novas perspectivas que os conduz a escolhas mais coerentes. Quando falo em transformar, quero dizer capaz de transformar a si mesmo, inicialmente. Depois, isso expande-se naturalmente a realidade da comunidade.
Vivemos sob a égide de três revoluções que estão produzindo profundas alterações no mundo de hoje: a revolução ecológica, a revolução tecnológica e a globalização, e diante desses desafios, se faz necessário preparar bem as nossas crianças e adolescente para os novos tempos.
            Nós acreditamos que todas essas revoluções que estão ocorrendo, naquilo que elas têm de positivo, têm tudo o que é preciso para que se possa realizar a própria revolução, a revolução interior que significa ver que as coisas no mundo estão mudando e colocar-se na posição de protagonista, de agente dinâmico impulsionador dessas mudanças. É com esse olhar que vamos contribuir para melhorar a vida na terra senão para nós, mais para as futuras gerações.
  
O projeto faz parte do Programa Petrobras Socioambiental

Geraldo Leite
Coordenador do Núcleo de Comunicação

Instrutores da AEP-PROVIDA iniciam o ano letivo com os cursos: Informática básica, Montagem e Manutenção e Design Gráfico.

Com a Realização do Projeto Resgatando e Promovendo Vidas na Cidadania, Cultura e Inclusão Digital, AEP-PROVIDA abriu o ano letivo de 2015 com aulas de Informática Básica, Montagem e Manutenção e Design Gráfico.
            Ao todo, são 154 participantes dos 15 aos 29 anos matriculados para esses cursos, distribuídos nos turnos manhã e tarde. No curso de Informática Básica também conhecido como profissional Digital são oferecidos aprendizados sobre sistemas operacionais, editores de textos, planilhas eletrônicas, apresentação de slides e o uso das tecnologias na internet. No curso de Design Grafico são desenvolvidos edição e criação de imagens diversos objetos gráficos, dando origem aos mais diversos trabalhos, como desenhos artísticos, peças publicitárias, capas de revistas, páginas na internet, dentre outros. O curso de montagem e manutenção de computadores que proporciona conhecimentos para que no futuro próximo, o participante possa prestar serviços de suporte técnico nessa área, o que, diga-se de passagem, é um mercado em grande ascensão. 
        As aulas são ministradas pelos instrutores Severino Cabral com informática básica, no turno manhã, e no turno da tarde por Alexandre dos Santos e Jonas Belarmino, com montagem e manutenção, designer gráfico.
            Segundo afirma os instrutores, os adolescentes e jovens participantes são muito empenhados e assimilam com grande facilidade o conteúdo das aulas, e 1% desses participantes dos anos anteriores já estão atuando com muito sucesso no mercado de trabalho.

            O Projeto Resgatando e Promovendo Vidas na Cidadania, Cultura e Inclusão Digital faz parte do Programa Petrobras Socioambiental.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Reunião abriu ano letivo e definiu os planos pedagógicos 2015 da AEP-PROVIDA com a presença de pais e participantes do projeto

Aconteceu nesta terça-feira, dia 24 de fevereiro de 2015, a reunião de abertura do ano letivo da AEP-PROVIDA.
O Instrutor de Capoeira José Carlos e a auxiliar de serviços Lea, fizeram as saudações de boas vindas aos participantes e seus pais. O coordenador de comunicação, Geraldo Leite, fez um momento de oração com os pais e participantes do projeto, criando um clima de paz e harmonia.
Um vídeo intitulado jantar com Jesus e mensagens  motivacionais também fizeram parte da reunião. Em continuidade, tivemos a palavra da Presidenta da AEP-PROVIDA, A irmã Zita Rubim, que saldou os participantes do projeto e seus respectivos pais, falando das perspectivas e metas traçadas para 2015, dizendo de sua alegria em receber a todos, somando esforços com a equipe de instrutores e educadores no objetivo de proporcionar as nossas crianças e adolescentes, cidadania com qualidade de vida, dignidade e um futuro promissor, anunciado novos investimentos na formação pedagógica para os próximos meses, implementando cada vez mais a qualidade do conteúdo que passamos para os nossos participantes, discutindo planos de ação para garantir a continuidade do projeto, destacando a importância das parcerias firmadas, entre elas: a FUNCEPE (Fundo de erradicação da pobreza do Estado da Paraíba), APIBiMI, ONLUS, entidades Italianas, Prefeitura Municipal de Alagoinha e Petrobras. Finalizando a Presidenta pediu o máximo empenho e acompanhamento dos pais.
Em seguida o instrutor Jonas Belarmino fez um resumo do projeto, as metas a serem alcançadas, explicando a ideologia da AEP-PROVIDA, enquanto instituição, sua preocupação maior não é distribuir sextas-básicas, e sim, proporcionar aos participantes uma capacitação de qualidade, garantindo a cada um deles, um futuro brilhante, abrindo novos horizontes, como a universidade e o mercado de trabalho. Somos um grupo de pessoas que pensam e buscam fortalecer e preparar intelectualmente cada participante, através de várias oficinas de trabalho, o lazer, a cultura, o esporte e o acompanhamento psicopedagógico, além da informática básica etc.

O instrutor Cabral em sua explanação falou das atividades que a AEP-PROVIDA oferece as crianças e adolescentes, entre elas: Esporte e cultura, que vai desde a capoeira, o futebol, voltei, dança, teatro e canto estendido a todos os participantes. Encontro bimestral com as famílias dos participantes, capacitação de contadores de história de 11 a 13 anos, curso de datilografia de 13 a 14 anos, aulas de inglês, curso profissionalizante de informática básica, montagem e manutenção de computadores e design gráfico dos 15 aos 29 anos. Curso básico de comunicação dos 15 aos 29 anos e oficina presencial com laboratório itinerante (notebook) na zona rural.
A Diretora Ir. Flavia, abordou as regras para participar dos cursos e oficinas oferecidos pela AEP-PROVIDA, que vai desde o rendimento escolar ao comportamento, pontualidade e assiduidade às aulas e oficinas ao regular uso dos uniformes que a instituição disponibiliza aos participantes, o zelo com os matérias usados nas oficinas ao uso regular dos banheiros. Os pais devem incentivar os filhos a cumprir as regras preestabelecidas pela AEP-PROVIDA, de forma que todos possam usufruir com bom proveito deste espaço tão importante que é a nossa instituição.

Por fim, o instrutor Cabral falou dos uniformes, materiais e dos horários dos cursos e oficinas, para os participantes veteranos, novatos e para os que ainda não asseguraram suas matrículas. O instrutor Alexandre fez o registro fotográfico da reunião, a educadora social Mônica foi a encarregada de colher as assinaturas presenciais dos participantes e pais, contribuíram com a arrumação do ambiente e acomodação dos presentes, os participantes Adailton e Milton, enquanto que o instrutor José Carlos foi o responsável pela distribuição dos boletins informativos da AEP-PROVIDA.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Educadoras Sociais da AEP-PROVIDA participam da capacitação de professores organizado pelo Município de Alagoinha – PB.

 Educar é promover o desenvolvimento intelectual, possibilitando a transformação de vidas, através da educação, que é capaz de reduzir desigualdades e aumentar possibilidades, criando assim verdadeiros sentimentos de cidadania participativa, que é a ferramenta capaz de promover profundas mudanças na sociedade.
Uma das prioridades da AEP-PROVIDA é promove atividades educativas para crianças, adolescentes e jovens em condição de risco social, através do Projeto Resgatando e Promovendo Vidas na Cidadania, Cultura e Inclusão Digital que faz parte do Programa Petrobras Socioambiental.
       Diante disso, buscando acompanhar as mudanças sociais e tecnológicas, proporcionar a seus educadores que atuam diretamente com o acompanhamento para o estudo (reforço escolar), participarem de programas de treinamentos desenvolvido por instituições parceiras com o intuito de melhor prepará-los para lidar com os possíveis desafios sociais provenientes dessas transformações, e ao mesmo tempo a troca de experiências com os professores das escolas municipais.
 O programa de capacitação para os educadores sociais, realizado pelo município foi dividido em duas etapas, sendo a primeira ministrada pela Mestra na área de educação, Dra. Rosicleide Henrique, com duração de 3 horas, a qual abordou de forma primordial, como lidar com as diversas situações que surgem no dia-a-dia na sala de aula entre outros assuntos ligados a área de educação. A segunda parte foi ministrada pela Doutora Roseli, especialista na área de psicologia com atuação no município de Alagoinha, com duração de 3,5 horas, qual destacou a importância do ECA que destaca e garante os direitos fundamentais das crianças e adolescentes.
            Participaram da capacitação as educadoras sociais Mônica Santos da Silva e Maria da Conceição, ambas relataram que foi muito proveitoso e oportuno para que as mesmas aprimorem seus conhecimentos e continuem atendendo as necessidades de nossas crianças e adolescentes.

            A Capacitação aconteceu nos dias 4 e 5 de fevereiro do corrente ano, na Escola Municipal Professora Lia Beltrão.

Geraldo Leite
Coordenador do Núcleo de Comunicação