sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Farol do Cabo Branco

 O Farol do Cabo Branco é o ponto turístico mais conhecido de João Pessoa.
Há décadas, muito antes de a cidade entrar no roteiro turístico, o Farol já era conhecido por marcar o ponto mais oriental das Américas.

O Farol é, de fato, um marco, antes de ser um farol. Embora haja uma lâmpada no topo da estrutura do farol, e embora ele seja alto e esteja localizado no topo de uma falésia, o Farol do Cabo branco não tem a função de orientar os navios.






O Farol foi inaugurado em 1972, e foi projetado pelo arquiteto paraibano Pedro Abraão Dieb.

Fontes: Governo do Estado/ Prefeitura de João Pessoa para todas informações

Núcleo de Comunicação Aep-Provida

Participantes conhecem Estação Ciência

  
Estação Ciência Cabo Branco


Os participantes receberam informações sobre a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes que foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O complexo possui mais de 8.500m² de área construída no bairro do Altiplano. A Estação tem a missão de levar cultura, arte, ciência e tecnologia gratuitamente.


Para os visitantes, há 198 vagas disponíveis no estacionamento, além do espaço para ônibus.





Na estrutura, uma torre/ mirante é a principal das cinco edificações que compõem o espaço, construído por dois pavimentos suspensos e apoiados em base única, abrigando assim uma estação científica, um hall de exposições permanentes e temporárias, um restaurante, um café e o terraço panorâmico com visão de 360 graus para a área verde.


O auditório tem capacidade para 501 pessoas e possui acesso independente, destinando-se à realização de eventos culturais. No local aberto há um anfiteatro com palco, camarim e banheiros, com espaço para 300 pessoas sentadas e até o dobro, caso sejam atingidas também as calçadas.
 Núcleo de Comunicão Aep-Provida