segunda-feira, 30 de abril de 2012

Aep-Provida: Oficina de Datilografia




A datilografia tem alguma importância hoje?
Alguns poderiam achar desnecessária, mas não pode ser vista assim.

Houve época em que as pessoas faziam curso de datilografia. Com máquina de escrever, e tudo mais. Tratava-se de algo até meio obrigatório, o curso de datilografia. Nos anúncios de emprego sempre ficava sublinhada a exigência do curso. Sem curso, melhor nem se candidatar. Hoje o teclado do computador assume esse papel.
O instrutor Cabral destaca que a datilografia ajuda muito com o contacto com o teclado do computador.
Por isso, o curso de datilografia, em pleno século XXI, ainda tem muita utilidade. Uma turma de 20 adolescentes, entre 12 e 14 anos, aprendeu a pratica de digitação e como redigir documentos.

“Eles devem lembrar da sequencia: a-essedê, efegê; cecedilha-elecá, jotagá, diz o instrutor Cabral, com sorriso.
A diretora da Aep-Provida, Irma Zita Rubin, sempre faz questão de acompanhar o desenvolvimento dos jovens nas oficinas realizadas.

Núcleo de Comunicação Aep-Provida

Nenhum comentário:

Postar um comentário