sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Psicóloga realiza com participantes do projeto acompanhamento psicossocial e terapia de grupo com tema “A busca da identidade”


A psicóloga Kátia Nara trouxe aos jovens participantes do projeto a oportunidade de conhecimento introspectivo. Ou seja, fazer com que os jovens entendam o papel de destaque que eles têm no mundo, buscando entendimento da sua identidade.

O seu trabalho consiste na abertura sincera e de confiança mútua dos jovens e nada melhor que o começo com uma oração de agradecimento por um novo dia e mensagens reflexivas para o debate do grupo. 
Neste período de tantas dúvidas com a aproximação dos vestibulares, os jovens estão cada vez mais ansiosos e neste estágio juntam-se a chegada da adolescência, as relações familiares e sociais provocando um turbilhão de emoções e somente o diálogo franco, aberto, sincero, repleto de confiança mútua pode facilitar aos jovens a busca de sua identidade.

As sugestões são colocadas e abre-se um leque de testemunhos, perguntas, medos, sonhos, conquistas, momentos tristes ou felizes e cada jovem vai percebendo que não é tão diferente um do outro. A sua história é parecida com a de milhares de outros jovens.

As sugestões são colocadas e abre-se um leque de testemunhos, perguntas, medos, sonhos, conquistas, momentos tristes ou felizes e cada jovem vai percebendo que não é tão diferente um do outro. A sua história é parecida com a de milhares de outros

A psicóloga Kátia gosta de trabalhar certos temas com o uso da musicoterapia (utilização da música e/ou seus elementos - som, ritmo, melodia e harmonia), para facilitar a comunicação, relacionamento e a expressão corporal do indivíduo e depois o tema específico.
Os resultados foram surpreendentes em relação aos participantes através de um envolvimento coletivo.

E para finalizar uma terapia individual, onde a psicóloga se coloca à disposição dos que buscavam um bate papo mais reservado e isso era o resultado da mútua confiança adquirida.
Em verdade, os acompanhamentos psicossociais têm conseguido despertar nos participantes do projeto um interesse acima do esperado e cada vez aumenta-se o número de temas disponibilizados nos momentos de atividade da psicóloga..

Núcleo de Comunicação Aep-Provida

Nenhum comentário:

Postar um comentário